Reader Comments

Padrão de vida das pessoas melhorando

by antonio polma (2018-10-21)


Cresci ouvindo muitas historias de tios que viviam em um padrão de vida de miséria, pois era mulher viúva mãe de 17 filhos e não tinha como se sustentar e por isso começaram a trabalhar cedo e não tendo condições de estudar e ter uma boa profissão onde o salario é bom, mais com o tempo as coisas foram mudando e ter novas leis onde os menores de 16 não podem trabalhar e somente estudar com isso as chances de buscar uma boa profissão melhorou muito. Nos últimos anos surgiram muitos programas sociais e educação como Senac PRONATEC 2019 onde se pode estudar, com essa grande instituição de ensino presente em dezenas de cidades do nosso país, as pessoas procuram cursos profissionalizantes para ter uma profissão, onde o salario é um pouco melhor e melhorar a vida de suas famílias, tem muitos programas do governo com cursos gratuitos onde as pessoas podem se inscrever. Com um padrão de vida melhor as pessoas tem mais poder de compra, outra condição que melhorou muito é que as pessoas não tem mais tantos filhos a maioria das pessoas de hoje tem no máximo 3 filhos claro que algumas tem um pouco mais, com isso sobra mais tempo e condição financeira para cuidar dos filhos mais ainda há muita coisa para se fazer, as pessoas mais carentes ainda tem uma mente não para o estudo, onde uma forma que elas podem ter curso técnico de qualidade e não importa se não tem condição financeira para isso, existe o programa SENAC bolsas de estudo 2019 onde as pessoas são gratificadas com bolsas para pagar parte ou totalmente o curso gratuito, depois de formado fica mais fácil de arrumar trabalho, a concorrência é um pouco menor, pelo curso ser focado em uma área escolhida onde a pessoa vai atuar, com muito esforça é possível melhorar de vida, pois os jovens tem mais tempo e também podem intercalar o estudo com o trabalho pois nos dias atuais ha muito mais instituições de ensino, as vezes falta um pouco de vontade dos jovens para continuar os estudos mais eles percebem que o estudo faz falta quando se torna adulto.